quarta-feira, 15 de maio de 2013

Como se mata a saudade?



Hoje quando estava sentada em um banco, uma criança veio até mim e me cutucou. Estranhei. Mas, ao olhá-la, me fez a seguinte pergunta:

- Como se mata a saudade?

Surpresa, dei um sorriso e perguntei:

- Mas.. por que você quer matar a saudade?

Com olhos meio que suplicantes, disse-me:

- Quero matá-la porque... ás vezes dói bem aqui (colocando a mão no coração)

Parei por alguns segundos, e lembrei o quanto a falta de alguém podia machucar. Olhei para ela e disse:

- Como matá-la eu não sei pequena, mas conheço uma forma de você diminuir um pouco essa dor.

Com os olhos brilhantes e cheios de esperança, perguntou mais uma vez:

- Você sabe? Como?

Disse-lhe:

- Quando essa saudade vier, você fecha bem os seus olhinhos e lembra dessa pessoa importante que te faz falta, depois, você pega os seus dois bracinhos e imagina que está abraçando essa pessoa!

Ela me olhou meio assim como que duvidando..

- E funciona moça?

Ri e disse:

- Funciona sim! Não acaba com ela, mas ajuda. Comigo dá certo!

Me sorriu em resposta e falou:

- Vou tentar agora.

E lá estava eu... sentada em um banco qualquer, admirando uma criança de olhos fechados, abraçando sei lá quem. 
Minha admiração não foi o fato da criança ter seguido meu conselho, e sim, porque agora em seus lábios brotavam sorrisos.

Criss Marques

2 comentários:

  1. Que lindo Cris!!! Acabei de abraçar e de me sentir abraçada.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olha só.. quem te viu que te ver.. rsrs

    A Tidinha virou poetisa agora hehehe.

    Amei este texto. Muito lindo Cris.

    Bjs, Paula

    ResponderExcluir

Seja sempre bem-vindo! =)