quarta-feira, 28 de maio de 2014

Mulheres incríveis: Maya Angelou

 (1928 -2014)
Hoje quero falar um pouco sobre esta grande mulher. Marguerite Ann Johnson, ou melhor, Maya Angelou. Serei breve porque quero deixá-los curiosos para conhecê-la mais profundamente.

Maya nasceu em St. Louis, Missouri, nos Estados Unidos. Teve uma infância pobre e nesta época morava com a avó paterna. Escrevia poemas desde os nove anos e teve seu primeiro filho aos 17. Época em que isso não era comum.

Angelou era considerada como uma das grandes vozes da literatura contemporânea do mundo. E o que mais chamava atenção (pelo menos chamou a minha) era a sua versatilidade. Ela foi cozinheira, condutora de carros, garçonete, cantora, dançarina, professora, editora, atriz, compositora, produtora, jornalista (em uma de suas viagens a Cairo senão me angano) e militante pelos direitos civis. Muita coisa não? Creio que a lista deva ser grande, mas vamos parar por aqui. Rsrsrs


Como escritora, sua obra tem uma forte marca autobiográfica. Seu primeiro livro, "I Know Why The Caged Bird Sings" (1969), (em português "Eu sei por que o passáro canta na gaiola"), fez dela uma das primeiras escritoras negras a ter um best-seller nos Estados Unidos e ainda foi indicada ao prêmio Pulitzer Prise em poesia.

Na obra em questão, além de relatar o desejo de ser branca, ela se lembra de quando foi abusada sexualmente pelo namorado da mãe. Contam que o homem acabou sendo morto por seus tios, fato este que ocasionou na completa mudez de Maya, que passou uns cinco anos sem falar qualquer palavra. (Depois deste livro, ainda tem mais uns seis autobiográficos).

Uma das partes que me encanta mais ainda é que foi com a ajuda de uma vizinha e do seu amor pela literatura que a poetisa voltou a se expressar verbalmente. Olha aí o poder dos livros! hehehe

Como ativista, ela lutou bravamente pela igualdade racial nos Estados Unidos ao lado de Martin Luther King e Malcom X.

"Listen to yourself and in that quietude you might hear the voice of God." / "Escute a si mesmo e no silêncio você será capaz de ouvir a voz de Deus". 
(Maya Angelou)



Ps. Espero ter deixado vocês com gostinho de quero mais. Procurem sobre ela. Seus escritos são ímpar. Ah! E perdoem os erros de português. Bjos, Criss.

Fontes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja sempre bem-vindo! =)